[1]
L. F. Carlos, “A teoria da imputação objetiva no direito penal brasileiro”, TRF1, vol. 31, nº 2, p. 35-41, set. 2019.