[1]
S. Seção, “Segunda Seção”, TRF1, vol. 31, nº 2, p. 97-98, set. 2019.