As mulheres nas profissões jurídicas: uma revisão integrativa de literatura

Autores

  • Maria Fernandes Gomide Dutra e Silva Universidade Evangélica de Goiás/Universidade Federal de Goiás https://orcid.org/0000-0002-3284-5628
  • Ana Carolina de Paula Mendes Universidade Evangélica de Goiás
  • Bianca Nominato Ferreira de Oliveira
  • Izadora Coelho Camargo
  • Júlia Azevedo Parreira
  • Loise Silva Lemos Barros
  • Maria Fernanda Antunes Rezende Aranha
  • Vitória Marques e Silva
  • Winie Oliveira Prado

Palavras-chave:

mulher, mercado de trabalho, liberdade de exercício de trabalho, profissão, princípio da igualdade

Resumo

Este artigo discute a inserção de mulheres com formação em direito no mercado de trabalho, tendo como objetivo analisar as condições de trabalho, com atenção sobre as dificuldades relatadas no cotidiano e ao longo da carreira. Foram selecionados 14 artigos ao todo, publicados em qualquer data e em qualquer idioma no Portal de Periódico Capes, combinando termos como: “mulheres nas profissões jurídicas”, “gênero”, “questões de gênero”, “mercado de trabalho”, “carreira jurídica”, “estereótipos”, “mulheres nas carreiras jurídicas”, “desigualdade de gênero” e “atuação feminina no mundo jurídico”. As publicações foram organizadas nas seguintes categorias de análise: distribuição de cargos jurídicos entre homens e mulheres; dificuldades e estereótipos no cotidiano de trabalho; relatos sobre a trajetória na carreira jurídica; obstáculos para a ascensão a cargos de cúpula do Poder Judiciário; e conciliação entre profissão e vida privada. A revisão indicou que, embora as mulheres sejam maioria nos cursos de direito, possuem pouca representatividade em cargos de cúpula, contexto justificado por estereótipos de gênero. Estudos como este são importantes para a formação de estudantes de direito e para o desenvolvimento da perspectiva crítica diante de desigualdades de gênero no mundo jurídico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Fernandes Gomide Dutra e Silva, Universidade Evangélica de Goiás/Universidade Federal de Goiás

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Goiás, nas modalidades bacharelado (2010) e licenciatura (2012) e mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Goiás (2015). Atualmente, é doutoranda em Antropologia Social no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de Goiás, com ênfase sobre a assistência ao nascimento e ao parto no Sistema Único de Saúde de Anápolis e do sobre redes de apoio a mulheres no ciclo gravídico puerperal. Doula, com formação no Instituto Federal de Goiás - Campus Anápolis. Membro do Núcleo de Estudos Sobre o Trabalho desde 2010. Atualmente é professora no Centro Universitário de Anápolis UniEvangélica, e membro do Núcleo de Educação Ambiental-NEA/Programa de Pós-Graduação em Sociedade, Tecnologia e Meio Ambiente e pesquisadora no Núcleo de Pesquisa do Curso de Direito da UniEvangélica - NPDU. Professora no Curso de Medicina com coordenação de Projeto de Pesquisa sobre o cotidiano de trabalho de equipes de saúde em Anápolis, Goiás. No mesmo, faz parte da equipe editorial da Revista Educação em Saúde. Participa, desde 2016, de projetos de extensão universitária com ênfase em Educação Ambiental. É atuante como professora, desde 2016, no Projeto Universidade Aberta da Pessoa Idosa na mesma IES. Atua principalmente nos seguintes temas: sociologia do trabalho, sociologia e antropologia da saúde, humanização do parto e nascimento e educação ambiental.

Ana Carolina de Paula Mendes , Universidade Evangélica de Goiás

Graduanda em direito pela Universidade Evangélica de Goiás.

Bianca Nominato Ferreira de Oliveira

Graduanda em direito pela Universidade Evangélica de Goiás.

Izadora Coelho Camargo

Graduanda em direito pela Universidade Evangélica de Goiás.

Júlia Azevedo Parreira

Graduanda em direito pela Universidade Evangélica de Goiás.

Loise Silva Lemos Barros

Graduanda em direito pela Universidade Evangélica de Goiás.

Maria Fernanda Antunes Rezende Aranha

Graduanda em direito pela Universidade Evangélica de Goiás.

Vitória Marques e Silva

Graduanda em direito pelo Centro Universitário de Goiatuba – Unicerrado.

Winie Oliveira Prado

Graduanda em direito pela Universidade Evangélica de Goiás.

Downloads

Publicado

28-04-2023

Como Citar

FERNANDES GOMIDE DUTRA E SILVA, M.; DE PAULA MENDES , A. C. .; NOMINATO FERREIRA DE OLIVEIRA, B. .; COELHO CAMARGO , I. .; AZEVEDO PARREIRA, J. .; SILVA LEMOS BARROS, L. .; FERNANDA ANTUNES REZENDE ARANHA, M. .; MARQUES E SILVA, . V. .; OLIVEIRA PRADO, W. . As mulheres nas profissões jurídicas: uma revisão integrativa de literatura. Revista do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, [S. l.], v. 35, n. 1, p. 142–153, 2023. Disponível em: https://revista.trf1.jus.br/trf1/article/view/456. Acesso em: 25 jul. 2024.