Moral, afeto e política: resistência à tirania no contexto da peça Prometeu Acorrentado de Ésquilo

Autores

  • Lucas de Alvarenga Gontijo Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Thiago Lopes Decat Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

direito, obra literária, integridade moral, abuso de poder

Resumo

O manuscrito se vale do campo de confluência entre direito e literatura, a fazer uso de uma metodologia hermenêutica criadora para, a partir da análise da dramaturgia de Ésquilo, mais precisamente da peça Prometeu Acorrentado, inferir e ilustrar aplicabilidades de conceitos de filosofia contemporânea. A partir de Michel Foucault: vigilância, capilaridade do poder e soberania. Num segundo momento, a partir de Richard Rorty: a teoria pragmatista da justiça como lealdade ampliada, a postular uma redefinição do conceito de self. Além disso, o artigo discute conceitos como emancipação, conhecimento e tirania. O artigo conclui com a defesa da rejeição da ideia kantiana de obrigações morais incondicionais a sugerir uma reconstrução da normatividade da moral como contextual e contingente. Na perspectiva deste artigo, o texto de Ésquilo serve para ilustrar a tese de que se pode pensar o progresso moral como uma questão de incremento da sensibilidade. A metodologia empregada é a de revisão de literatura, por meio da fórmula hipotética especulativa, a criar possibilidades de interpretação crítica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas de Alvarenga Gontijo, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Doutor e mestre em filosofia do direito pela UFMG, professor de filosofia do
direito do Programa de Pós-graduação e Graduação da PUC Minas.

Thiago Lopes Decat, Universidade Federal de Minas Gerais

Mestre em filosofia pela Fafich/UFMG, doutor em filosofia do direito pela PUC
Minas, professor de filosofia do direito da Faculdade de Direito da UFMG.

Downloads

Publicado

31-08-2023

Como Citar

GONTIJO, L. de A.; DECAT, T. L. Moral, afeto e política: resistência à tirania no contexto da peça Prometeu Acorrentado de Ésquilo. Revista do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, [S. l.], v. 35, n. 2, p. 113–126, 2023. Disponível em: https://revista.trf1.jus.br/trf1/article/view/498. Acesso em: 3 mar. 2024.